top of page

Redes Neutras e a Felicidade Clandestina

#Redesneutras#InfraestruturaBrasil


Pensando sobre o acesso à educação, a tecnologia e o acesso ao conhecimento através desse mundo da tecnologia da informação. Acredito que a internet é um universo muito democrático e que através da navegação Web, fomos agraciados por um mundo repleto de conhecimento. Confesso que me senti como no conto de Clarice Lispector, sobre Felicidade Clandestina ao acessar pela primeira vez a internet, ainda que discada, e usando a BBS, aqui já se percebe que já tomei a vacina :) Em estado de epifania, me vejo como a garotinha que poderia ter acesso, ainda que de modo emprestado, aos livros de Monteiro Lobato, mas que a menina sardenta, assim a impedia, sempre com desculpas de que havia emprestado a outra criança, não quero tornar esse tema uma distopia, ou crítica ao Estado, mas apenas pensar, que se pudéssemos compartilhar cabos e infraestrutura, muitos poderiam ter acesso a diversas fontes de conhecimento, pesquisa e estudo, digo isso, pois como professora, vi minhas salas de aulas esvaziarem e muitos alunos evadiram-se por falta de acesso à internet e a banda larga. Em uma ação pequena e isolada, recolhemos máquinas e celulares usados para doar aos alunos, uma ação pequena que resolveu apenas parte do problema em uma sala de aula, outro problema é a conectividade, pois muitos ainda não têm acesso rápido para assistir às aulas em tempo real e remoto. Em meus pensamentos me remeto às escolas, que poderiam dar acesso aos alunos, ainda que de modo temporário, com acesso limitado ao período de aula e algumas restrições de consumo de banda, através de cabos "Neutros". Pois bem, as Redes Neutras, podem ser entendidas como um modelo de negócio, com a cessão de infraestrutura capaz de suportar a prestação de serviços de telecomunicações, de forma isonômica e não discriminatória, portanto uma rede, compreendida como neutra.

Poderíamos dessa forma contribuir com um projeto arquitetônico com eficiência de cabos otimizados, que garantiriam uma verdadeira economia de escala, assim como na (Lei das Antenas);

Aos menos favorecidos, ainda que seja uma utopia, desejo que esse assunto das Redes Neutras, seja uma pedra no sapato de muita gente que assim como eu, acreditam que a melhor forma de diminuir as diferenças sociais, seja através do estudo e acesso à informação.


O que pensam sobre isso ? Redes neutras seriam um conto de Clarisse Lispector ?


Conto





36 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page